quinta-feira, 10 de julho de 2008

O Peso da Vida

(exercício proposto por João Cunha, aluno do Curso de Formação para Escritores, baseado no filme 21 Gramas. Tema: o peso da vida. Tamanho: 10 linhas)

– O tiroteio nos atingiu, estamos perdendo combustível – informou o piloto. – A alternativa é jogar fora tudo que for excesso.

O casal não perdeu tempo e atirou malas e equipamentos ao mar.

– Sinto muito, mas ainda não dá. Talvez com 50 kg a menos...

Inconformado, o marido confirmou nos marcadores do helicóptero o diagnóstico do piloto. Então desanimou, tomado por uma culpa de 140 kg. Minha gordura matará todos nós, pensou. Cogitou pular, mas faltava coragem. Se ao menos nadasse como a esposa...

Foi quando ela passou o bebê para seu colo, beijando os dois com serenidade:

– Amo vocês – e jogou-se ao mar.

7 comentários:

Eduardo disse...

Mulheres heroínas; meu reconhecimento e meu amor por todas elas.

SADY FOLCH DE CARDONA disse...

Renato, como eu disse anteriormente, seus escritos têm marca registrada...fica aí a observação de quanto você já conseguiu emprender seu estilo aos textos que escreve.
Um abraço
Sadyh

camila disse...

Caramba...adorei!
Muito romântico e trágico..

Marcia Olivieri disse...

Oi Renato!!!Supreendente!!!Parabéns!!!

Nanete Neves disse...

Realmente, Renato, final surpreendente... tanto quanto algumas mulheres conseguem sê-lo. Você como autor, sacou isso. Beijo e parabéns!

Alex disse...

Parabéns pela síntese ao contar essa história.
Quando entra a criança no texto, o peso dobra de porporção.
Excelente texto.

Anônimo disse...

Muito Bom,
mas nós leitores queremos mais!
Já faz tempo que você não posta...

Abraços, João F. A. Cunha