terça-feira, 15 de abril de 2008

O nome do blog


A pergunta é inevitável: por que Reverso Inverso?

Primeiramente, porque todas as idéias anteriores para nome foram recusadas – Valendo a Pena, Troca de Idéias, Causando etc. Cada nome pensado era cruelmente rejeitado pelo sistema do blog. Cansado, resolvi apelar para um antigo conceito de numismática (ciência que estuda moedas e medalhas).

Segundo a numismática, os dois lados de uma moeda são anverso (popular cara) e reverso (coroa). Se pegarmos uma moeda de real, por exemplo, e a virarmos verticalmente, tanto anverso quanto reverso estarão de cabeça para cima.

Essa é a regra, só que às vezes a Casa da Moeda cunha peças com defeito, em que o reverso surge debochadamente de cabeça para baixo. A esse defeito é dado o nome de “Reverso Invertido”. Ele é a alegria dos colecionadores. Ao contrário do mundo comum, em que diferenças sofrem discriminação, na numismática elas são valorizadas – até com certo exagero. No último leilão da Sociedade Numismática Brasileira, realizado em março, uma simples moeda de um real teve lance mínimo de cem reais. Nem as ações da Petrobrás têm tamanha valorização. O pior é que uma moedinha dessas já pode ter passado pela sua carteira e foi desperdiçada com cigarro, pão, leite ou chiclete.

Mas voltemos ao blog, que se chama Reverso Inverso – e não "Invertido". O sobrenome foi trocado por alguns motivos. Primeiro, porque deixaria muito numismata frustrado com o blog. Depois, porque já usei o Reverso Invertido como nome da minha antiga banda pop rock, sucesso internacional entre familiares e amigos muito amigos. E inverso, que é sinônimo de invertido, acrescenta outro “verso” ao nome, dando a ele um ar mais poético. As entrelinhas ficam a cargo da imaginação de cada um.

Nenhum comentário: