quinta-feira, 17 de abril de 2008

Que por...

Por quê?
Porque sim.
Porque sim?!
Por que não?
Porque não.
Por quê?
Porque não pode.
Que por...

Um comentário:

patricia disse...

O reverso inverso é o mesmo verso.